REVISTA EXAME ABRIL 2021

O Caminho da Integração

Tudo começou com a criação da Gadoor, empresa de fabrico de portas e automatismos. Hoje o grupo tem seis empresas, distribuídas pela Póvoa de Varzim, Vila Nova de Famalicão e Trofa, exporta para vários países europeus e do Norte de África e fatura mais de 35 milhões de euros.

Tudo começou em 2004, com a criação de uma empresa de fabrico de portas seccionadas em Portugal, a Gadoor. Com o tempo, os seus gestores, Carlos Lopes e Vítor Martins, atualmente representado pelo seu filho João Martins, avançaram para a criação da Tedayc, que lhes permitiu o fabrico de automatismos para complemento dos seus produtos finais. Após solidificar a sua presença nos mercados da Península Ibérica e Norte de África, avançaram com a criação da NFI, empresa de produção nacional e distribuição em França. De seguida, de forma a segurar a logística e transporte dos seus produtos nos mais variados mercados, aparece a Transconde. A Aluclass foi outro passo lógico, que agrupa todos os produtos e os comercializa nos seus canais online. A nova aposta às exigências do mercado é a indústria vidreira, a Nvidros, e a lacagem.Hoje, o grupo de empresas criado por Carlos Lopes e Vítor Martins tem mais de 570 colaboradores, quatro mil clientes e mais de 35 milhões de euros de faturação.

Descarregar notícia completa

Os Cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador. Ao utilizar os nossos serviçoes, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa Política de Privacidade. Aceitar | Mais informações